O que Esperar de um Evento BDSM?

20:00

Sempre que surge a oportunidade, falamos sobre Fetiche e BDSM aqui no blog. Hoje, o nosso parceiro Lucas Ares do Blog BDSM MG vai falar sobre eventos BDSM: o que esperar, como são, pode bater foto, pode levar alguém, posso só olhar, UFA! Então se ajeita ai na cadeira e vem com a gente quebrar aqueles conceitos pré formados e aprender um pouco sobre os eventos e festas BDSM!

Esta é uma pergunta que muitas pessoas me fazem e eu vou tentar de maneira simples tirar essa duvida. Digamos que você pesquisou sobre BDSM, está interessado, com a cabeça cheia de ideias e com pensamentos do tipo "como não descobri isso antes?", "nossa, eu preciso disso pra viver", e por aí vai...

Então, meio que por acaso você recebe um convite para um evento como esse:
O coração acelera, a boca seca, e você paralisa de medo e ansiedade. Neste momento, todos aqueles pensamentos bons e de pessoas que encontraram algo muito bom e estão ansiosas, são substituídos por pensamentos de quem tem duvidas, e ter dúvidas é normal, inclusive sadio.

O que é uma Festa BDSM?
Uma festa BDSM, principalmente as que organizo, pode ser uma oportunidade de conhecer pessoas do meio BDSM de forma mais tranquila e num ambiente propicio. Pode ser a oportunidade de encontrar pessoas as quais você já conhece e que por algum motivo não tem muito contato com frequência.

Estes eventos são sempre oportunidades pra se ver algo diferente, coisas que você não esteja acostumado, que possa te trazer novas ideias, uma mobília nova, um acessório que você só viu em vídeos BDSM, uma chance de aprender nós de Shibari ou de bondage. As pessoas que frequentam as minhas festas são pessoas que compartilham seus conhecimentos e suas habilidades.
Demonstração de Shibari em um evento
As cenas que acontecem nas festas que organizo, normalmente são cenas realizadas pelos meus amigos que frequentam as festas, normalmente tem a ver com spanking, com bondage, com fetiches como látex, etc. Na ultima festa tive a presença de um amigo de São Paulo que fez lindas cenas de suspensão com cordas.

Posso tirar alguma foto ou filmar?
Não. Nestas festas são proibidas fotografias além do fotografo oficial do evento, em que todas as fotos são cobertos os rostos, tatuagens e características que te definem. Fazemos isso porque para algumas pessoas ter sua imagem associada a BDSM pode ser ruim, por causa de família, por causa de trabalho, ou qualquer outro motivo pessoal, portanto ocultamos rostos, tatuagens e características que te definem.

Devo ir acompanhado?
Isso depende do quanto você se sentir confortável. Recomendo que ao escolher sua companhia pra um evento como esse, que procure uma pessoa que tenha pelo menos a mente aberta. Não quer dizer que ela tem que se sentir atraída por alguma coisa, só quer dizer que você não deveria se sentir constrangido na presença dessa pessoa. Ir sozinho pode ser bom também.

Posso ir só pra olhar?
Sempre! Curiosos e voyeur são sempre bem vindos, e como sabemos que respeitam as outras pessoas, sabemos também que não vão tirar foto nem tentar registrar nada.

O que você não vai encontrar?
Ninguém é forçado a nada
Você não vai encontrar cenas e pessoas que primam pela violência e que não respeitam seus parceiros. Você não vai ver sexo, é uma festa erótica, não uma festa Swing. Você não vai encontrar pessoas que te digam "você é sub, eu sou Dominador, portanto você me deve respeito e obediência", as coisas acontecem de forma consensual, se você não quiser, não se sentir atraído, ou simplesmente não tiver vontade, significa que não vai acontecer nada.
Conclusão disso tudo?
Ir ou não, sair do virtual e ir pro real, conhecer pessoas ou curtir como uma coisa extremamente intima são opções de cada pessoa, não tem regra, o que vale e o que prego com todos os meus projetos que envolvem BDSM e Fetichismo, é que o objetivo disso tudo é que as pessoas sejam mais felizes, mais realizadas sexualmente e pessoalmente.

Se for a um evento meu, provavelmente, eu vou te receber na porta, as vezes fica difícil, mas eu me esforço ao máximo. Mas, se me encontrar na rua ou em qualquer outro evento, estou sempre disponível para uma boa conversa.

Eu sou esse cara aí do vídeo, bem normal, não? rs

Aproveite para ler também:

3 comentários

  1. Eu gostei muito do que falou, tirou algumas dúvidas,mas...eu queria perguntar algo, um(a) Dominafor pode chegar a ser um(a) Submissa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpa a demora para responder! É possível sim a inversão dos papéis, mas nem todos gostam. O que normalmente pode ocorrer é uma pessoa ser a dominadora em uma relação e submissa em outra.

      Excluir